Mais da metade das consultas públicas da licitação do transporte coletivo já foi realizada em Cachoeiro de Itapemirim. A prefeitura promove as audiências em 13 regiões do município, até o próximo dia 27, com o objetivo de ouvir sugestões e demandas da população. As contribuições serão analisadas tecnicamente e vão servir de base para o processo licitatório para contratação das empresas operadoras do serviço.

Os encontros estão sendo considerados proveitosos pela equipe da Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos Delegados (Agersa), que organiza as consultas. Apesar do público pequeno registrado em algumas delas, as contribuições têm sido relevantes.

“Em primeiro lugar, a população tem pedido maior fiscalização dos horários. Estamos explicando que temos a intenção de solicitar a colocação de aparelhos de GPS nos ônibus. Dessa forma, poderemos monitorar o itinerário durante todo o trajeto. Vai ser bom para a empresa e para a Agersa, que vão saber onde os veículos estão, e, também, para os passageiros, que poderão consultar, pela internet, a localização dele”, disse o diretor de Transportes e Serviços Públicos da Agersa, Kleber Paiva.

De acordo com Paiva, também foram feitas sugestões de melhor aproveitamento dos micro-ônibus para atender alguns bairros, de melhoria de qualidade total no sistema e até a exigência de um plano de contingência feito pelas empresas. “Hoje, na prática, se acontece um problema que impede a passagem do ônibus por determinada via, passageiros ficam esperando no ponto, sem saber do problema. Se o plano passar a ser exigido, as empresas terão que avisar as pessoas que estão esperando sobre o itinerário dos veículos, por exemplo”, conta.

As pessoas que quiserem participar das audiências públicas devem comparecer em uma das agendadas (o calendário pode ser conferido abaixo), sempre a partir das 18h. Elas são abertas a qualquer morador de Cachoeiro, independente do bairro em que moram.

Novidades no sistema
O contrato vigente de concessão do transporte coletivo de Cachoeiro, firmado no ano 2000, tem validade até 27 de março de 2015. Ele poderia ser prorrogado por mais 15 anos, mas o prefeito Carlos Casteglione determinou a realização da licitação. Ela será feita na modalidade de concorrência pública, para as linhas de ônibus urbanas e distritais (interior), que são operadas por quatro empresas, atualmente.

O certame vai garantir ao município dois novos tipos de transporte: o seletivo, com ar condicionado, e o expresso, que terá rotas alternativas e menos pontos de parada. O convencional e o Ir e Vir, serviço para cadeirantes, serão mantidos.

“Nos últimos anos, demos passos importantes para melhorar a qualidade do transporte coletivo de Cachoeiro. A frota foi renovada, avançamos na questão da acessibilidade, fizemos mudanças viárias para favorecer a mobilidade e iniciamos a integração das linhas. O próximo passo é o processo licitatório, que vai nos permitir avançar ainda mais”, disse Casteglione.

Confira o calendário!
Horário: 18 horas

Dia 24 – Região X – Escola estadual “Prof. Petronilha Vidigal”, distrito de Itaoca
Dia 25 – Região XI – Escola municipal Luiz Semprini, distrito de Pacotuba
Dia 26 – Região XII – Escola municipal Jácomo Silotti, distrito de Soturno
Dia 27 – Região XIII – Quadra da localidade de São Joaquim