Estão abertas as inscrições para o 3º Concurso de Marchinhas Carnavalescas – Prêmio Sérgio Sampaio, de Cachoeiro de Itapemirim. Compositores de todo o país podem participar. Os prêmios somam R$ 5 mil.

Cada participante pode inscrever até duas músicas, sozinho ou em parceria. O tema é livre e as marchinhas têm que ser inéditas.

As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas até 7 de fevereiro, por e-mail ou via correio, conforme regulamento disponível no site da prefeitura de Cachoeiro (cachoeiro.es.gov.br/cultura), organizadora do concurso.

As canções inscritas serão avaliadas por uma comissão julgadora, e dez se classificarão para a fase final. A lista das músicas selecionadas estará disponível no portal da prefeitura a partir do dia 12 de fevereiro.

A etapa eliminatória será realizada no dia 19 de fevereiro, no Mercado Municipal São João, bairro Amarelo. Os concorrentes terão que apresentar as marchinhas ao vivo para os jurados e o público. Três canções serão classificadas para a final, marcada para o dia seguinte, no mesmo local. O 1º lugar receberá prêmio de R$ 2.500, e os 2º e 3º lugares, R$ 1.500 e R$ 1.000, respectivamente.

“O objetivo do concurso é valorizar a música carnavalesca, seus compositores e intérpretes. A marchinha é um gênero musical muito importante, que precisa ser incentivado”, afirma a secretária municipal de Cultura, Joana D’Arck Caetano.

Homenagem a Sérgio Sampaio
Como nas edições anteriores do concurso, um artista cachoeirense será homenageado. O escolhido este ano é o cantor e compositor Sérgio Sampaio, que se tornou nacionalmente conhecido na década de 1970, graças ao sucesso da marcha-rancho “Eu Quero É Botar o Meu Bloco na Rua”, presente em disco homônimo – o primeiro do artista – , que vendeu 500 mil cópias. Sampaio faleceu em 1994, deixando obra rica, cultuada por muitos fãs, em todo o país. O músico Zé Nogueira e o ator e compositor Carlos Imperial foram os primeiros homenageados pelo concurso.